Publicidade
Lava Jato está atrás de Lulinha "200 policiais federais que estão desde o início da manhã nas ruas"







A Polícia Federal pediu a prisão de Fábio Luis Lula da Silva, o filho de Lula que mais rapidamente absorveu os males que acometem o pai e despertam um incomensurável desejo de ganhar dinheiro ilicitamente. Da mesma forma, também foram requeridas as prisões dos sócios de Lulinha, Jonas Suassuna e Kalil Bittar.

Os 200 policiais federais que estão desde o início da manhã nas ruas, seguem os rastros de Lulinha, o filho milionário do ex-presidiário de Lula e que comandou a Gamecorp.




A Lava Jato quebrou os sigilos fiscal, bancário, telefônico e de e-mails dele e dos seus sócios Jonas Suassuna e Kalil Bittar.






As famílias Suassuna e Bittar surgem também no caso do sítio de Atibaia.




Num dos e-mails vazados esta manhã, fica claro que, entre outros valores ilícitos recebidos, a Gamecorp chegou a faturar R$ 900 mil por conta de "assessoria jurídica" prestada a uma das empresas de tele.




(Com informações do jornalista Políbio Braga)

AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio