Publicidade
O Fascismo










Leiam, releiam, decorem e refutem todos os esquerdistas semi-analfabetos que repetem o que seus líderes mandam, pois se existe fascistas no Brasil e no mundo, possivelmente, estes são esquerdistas.

Primeiramente, você sabe o que é fascismo? 

Em reportagem veiculada na Revista Super Interessante no dia 05/07/2018, no site: https://super.abril.com.br/historia/voce-sabe-o-que-e-fascismo-entenda-o-termo/.




"A palavra é cada vez mais usada nas conversas sobre política, e geralmente é usada como "arma" por esquerdistas, sempre para atacar algum político ou pessoa que se declara de Direita. Mas qual sua origem e o que ela significa?

A palavra “fascismo” vem do italiano fascio, que significa “feixe”. Na Roma Antiga, o fascio (também conhecido como fascio littorio), era um machado revestido por varas de madeira. Ele geralmente era carregado pelos lictores, guarda-costas dos magistrados que detinham o poder. O fascio podia ser usado para punição corporal, e também era um símbolo de autoridade e união: um único bastão é facilmente quebrável, enquanto um feixe é difícil de arrebentar.





No século 20, o político italiano Benito Mussolini se apossou desse símbolo para seu novo partido. Em 1914, ele fundou o grupo Fasci d’Azione Rivoluzionaria (mais tarde, em 1922, surgiria o conhecido Partido Nacional Fascista). O uso do fascio não foi à toa. A Itália enfrentava uma profunda crise desde sua unificação tardia (concluída em 1870), e as consequências da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) pioraram a situação. Mussolini prometia, com o fascismo, trazer de volta os tempos áureos do antigo Império Romano.





Mas, o que exatamente foi o fascismo nem os maiores estudiosos sabem definir com precisão. Não existe nenhuma definição universalmente aceita do fenômeno, seja quanto sua abrangência, origens ideológicas ou formas de ação que o caracterizem. Algumas das principais características atribuídas ao fascismo  italiano -nacionalismo, corporativismo, racismo- não estão presentes em todos os regimes ditos fascistas. 



George Orwell, no seu “O que é Fascismo?”, afirma que as definições populares do termo vão de “democracia pura” a “demonismo puro”. Ele mesmo afirma que é uma palavra “quase inteiramente sem sentido”. Isso se deve, principalmente, ao fato de o fascismo não possuir um arcabouço teórico forte, e ter sido determinado, na prática, pelas atitudes de Mussolini. Nas palavras do próprio: “Não temos uma doutrina pronta; nossa doutrina é a ação.” Outros movimentos são bem mais formalizados. O marxismo, por exemplo, antes de ser uma prática política, é uma doutrina com base teórica nos escritos de Marx e Engels. O nazismo, mais próximo do fascismo, teve no livro Mein Kampf (Minha Luta), escrito em 1925 por Adolf Hitler, seu manual de instruções. Mas as regras do regime de Mussolini foram basicamente definidas na hora, no calor do momento.

O fascismo propriamente dito ocorreu em um contexto bem específico da história, mas há quem considere que o regime de Franco, na Espanha, ou o de Salazar, em Portugal, também tenham sido fascistas. Talvez dessa indefinição surja a generalização. Hoje, a palavra virou sinônimo de “extrema direita”, mas é usada até para se referir a “totalitarismo” e “autoritarismo” – o que não faz sentido, já que o regime comunista de Stalin foi ainda mais autoritário que o de Mussolini."





Mas, quais são suas características?
1- Pressupõe um regime autoritário com concentração total de poder no chefe de Estado.

2- Constante exaltação da coletividade nacional.

3- Paulatina aniquilação de opositores.
4- Controle dos meios de comunicação de massas.
5- Imaginário belicista e, não raro, expansionista.

1- Desde que chegou ao poder, o PT, tentou a todo custo, um projeto de perpetuar-se nele, criando Mensalão, depois o Petrolão, e os meios de empréstimos sem garantias para países aliados, através do BNDES, tudo para quê? Concentração total do poder no chefe de estado que, usaria essas bases sempre se perpetuando.
2- O PT, através de suas políticas de divisão, sempre intensificou a luta do "Eles" contra "Nós", "Héteros" contra "Homos", "Homens", contra "Mulheres", "Sul" contra "Norte", e intensificando a roubalheira para os coronéis no Nordeste, que se tornaram ainda mais poderosos com o PT no poder.



3- Celso Daniel, Toninho, Eduardo Campos, Teori, as testemunhas do caso Celso Daniel... Enfim, são muitos os opositores de um certo partido político mortos, e o mais impressionante, A TENTATIVA DE HOMICÍDIO CONTRA O ATUAL PRESIDENTE BOLSONARO, precisamos falar mais alguma coisa?



4- Em Julho de 2018, em plena campanha presidencial, o então candidato Haddad prometia implantar, através do Lulismo, a regulação da imprensa, sem contar os vários projetos de regulação que pessoas ligadas ao PT tentam toda hora, tentando impedir a imprensa de ser livre, vejam o que fizeram Toffolli e Moraes, no caso de Censura contra a revista Crusoé, quem os indicou para o STF?
5- Uma das primeiras coisas que o governo do PT fez ao chegar ao poder, foi desarmar a população de bem, mas em contrapartida, armou PCC, CV, e demais criminosos que fizeram as taxas de homicido serem uma das maiores do planeta...



Depois de tudo isso, quando um esquerdista chamar um direitista de fascista, faça-o engolir (figura de linguagem) o real significado de fascismo e quem no Brasil é mais próximo disso.


Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio
--------------------------------------