Bolsonaro deixa repórteres esquerdistas chupando o dedo e foi embora (vídeo)


Publicidade




O presidente Jair Bolsonaro, hoje (22) deixou repórteres a ver navios. 

A mídia esquerdista acusou o presidente de agredir jornalistas e repórteres.  

Jair Bolsonaro cumprimentou simpatizantes, tirou fotos e escreveu um autógrafo em uma camisa amarela. Ao se aproximar dos repórteres o presidente ironizou que era responsável segundo a mídia esquerdista por 58% das agressões a jornalistas em 2019. 

Os repórteres tiveram que chupar o dedo, o presidente os deixou desconsolados um olhando para o outro e foi embora. 

Assista;


 

Publicidade

Anúncio