Anúncio
100% digtal
Publicidade

Anúncio

DESTAQUE DA SEMANA

DORIA NÃO FALOU PARA O POVO QUE FALTA INSUMOS NA CHINA; COMEÇOU O ALVOROÇO, PALANQUE ELEITORAL

  Está faltando a verdade...  A Covishield, versão indiana do imunizante da AstraZeneca, não chegou e o lote do Butantan é limitado. Faltam ...

Talvez você tenha perdido

Continuar depois da publicidade

Homem detido ao tentar invadir Alvorada




O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência confirmou que um homem foi detido após tentar invadir o Palácio da Alvorada na noite de ontem (12)



Jair Bolsonaro estava no Guarujá no momento do incidente. O homem foi levado ao Hospital Regional da Asa Norte inconsciente e com sinais de embriaguez. Até as 19h de hoje, continuava internado, sem prestar depoimento.

Por volta das 22h, um homem ultrapassou as grades de acesso ao perímetro de segurança e transpôs o espelho d'água que separa o edifício principal da área de visitação aberta ao público.

Ele foi detido pela segurança presidencial no gramado central. A área verde se estende por cerca de 300 metros até a entrada principal do palácio.


Segundo relatos feitos à reportagem, o homem estava aparentemente embrigado e não sofreu escoriações graves. Após ser contido, foi levado à Polícia Federal e, posteriormente, ao Hospital Regional da Asa Norte.

O Gabinete de Segurança Institucional informou que, antes de transpor o espelho d'água, o homem, cujo nome não foi divulgado, foi advertido pelos agentes de segurança e pela guarda militar para que parasse.

Em viagem ao litoral de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro e a sua filha caçula, Laura, não estavam no Alvorada no momento da tentativa de invasão.

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, que não acompanhou o marido e a filha, estava em Brasília.

Em 2017, durante a gestão de Michel Temer, um adolescente também tentou invadir o Alvorada. Com um carro, ele ultrapassou a grade de proteção e estacionou na área interna, sendo detido pela segurança presidencial.


Temer, no entanto, não morava no palácio presidencial. Depois de assumir a Presidência, ele preferiu permanecer no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência.