Anúncio
100% digtal
Publicidade

Anúncio

DESTAQUE DA SEMANA

DORIA NÃO FALOU PARA O POVO QUE FALTA INSUMOS NA CHINA; COMEÇOU O ALVOROÇO, PALANQUE ELEITORAL

  Está faltando a verdade...  A Covishield, versão indiana do imunizante da AstraZeneca, não chegou e o lote do Butantan é limitado. Faltam ...

Talvez você tenha perdido

Continuar depois da publicidade

Vídeo mostra momento em que avião pode ter sido atingido por míssil no espaço aéreo do Irã




Um vídeo postado pela agência semioficial iraniana Isna mostra o que seria a queda do avião ucraniano em Teerã. O Boeing 737-800 da empresa Ukraine International seguia da capital iraniana para Kiev, na Ucrânia, e caiu pouco depois da decolagem, matando todas as 176 pessoas a bordo.

As imagens, filmadas de um celular, mostram a aeronave em trajetória descendente antes da queda. No vídeo, o avião parece estar em chamas ainda no ar. No momento do impacto, um clarão laranja toma conta do céu.



O desastre aconteceu pouco depois dos bombardeios lançados pelo Irã contra duas bases americanas no Iraque. Os ataques aéreos foram uma retaliação de Teerã ao assassinato do general Qasem Soleimani, em Bagdá, por mísseis americanos na semana passada.

O governo ucraniano anunciou a criação de um grupo para investigar as causas da queda da aeronave. Entre as vítimas da tragédia estão 82 iranianos, 63 canadenses, onze ucranianos, dez suecos, quatro afegãos, três alemães e três britânicos.



Durante a madrugada desta quarta, a embaixada da Ucrânia no Irã chegou a emitir um comunicado em que descartava terrorismo ou disparo de míssil como motivo da queda, mas voltou atrás logo depois e disse que “as causas ainda estão sendo esclarecidas”.

Assista o vídeo;