Publicidade
China ataca Eduardo Bolsonaro por criticar Coronavírus, Maia defende os chineses




China ataca Eduardo Bolsonaro no Twitter por criticar Coronavírus

A Embaixada da China no Brasil atacou o deputado Federal Eduardo Bolsonaro por tuitar negativamente sobre Partido Comunista chinês e (COVID-19).


Mais uma vez uma ditadura preferiu esconder algo grave a expor tendo desgaste, mas que salvaria inúmeras vidas", disse Eduardo, comparando o caso ao desastre de Chernobyl, na União Soviética.

"As suas palavras são extremamente irresponsáveis e nos soam familiares. Não deixam de ser uma imitação dos seus queridos amigos. Ao voltar de Miami, contraiu, infelizmente, vírus mental, que está infectando [as] amizades entre os nossos povos", atacou a embaixada da China na rede social.
"são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês", disse o embaixador Chines.





O presidente da Câmara Federal, usou o twitter para pedir desculpas aos chineses pela palavras de Eduardo Bolsonaro. 

"Em nome da Câmara dos Deputados, peço desculpas à China e ao embaixador Wanming Yangpelas palavras irrefletidas do Deputado Eduardo Bolsonaro", disse Rodrigo Maia.

Maia sempre defende os comunistas. 

Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio
--------------------------------------