Publicidade
Com protagonismo do vice presidente Mourão, Brasil e Alemanha fecham acordo por regularização ambiental na Amazônia.




Arthur Neto critica fala de Bolsonaro e Mourão sobre desmatamento ...
Decreto editado pelo governo nesta terça-feira (12) institui uma espécie de colegiado internacional para supervisionar as ações de regularização fundiária na Amazônia. 

Além do Serviço Florestal Brasileiro, ligado ao Ministério da Agricultura, o projeto envolve a Caixa Econômica Federal e o Banco Alemão Kreditanstalt für Wiederaufbau-KfW.

A ideia é que esse comitê gestor “acompanhe a execução das atividades e metas estabelecidas no Projeto de Cooperação Brasil-Alemanha, com o objetivo de promover a regularização fundiária na Amazônia e nas áreas de transição Amazônia-Cerrado”.

“Quem quer proteger alguma coisa que não lhe pertence, tem interesse em algo alheio. Quando se tem interesse em algo alheio, ou você tem inveja, ou usura. Como concluir algo bom disso?”, questionou Mauro Fagundes no Boletim da Manhã.

Vale ressaltar que, desde que assumiu o comitê do Fundo Amazônico, o vice-presidente Hamilton Mourão tem sido constantemente um forte protagonista nessa batalha, sendo aparentemente um grande defensor do lobby ambiental.



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio