Publicidade
Bolsonaro acusa o STF de ter tirado a possibilidade de abrir em definitivo o comércio



Publicidade
--- ---







O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta quinta-feira (03), em discurso na Câmara de Vereadores de Eldorado (SP), que governadores e prefeitos abram em definitivo o comércio no país, pois o Supremo Tribunal Federal retirou o direito do chefe do Executivo de interferir em decisões de estados e municípios sobre medidas contra a covid-19. Decisão do Supremo ocorreu no dia 8 de abril.

“O esforço foi feito, agora a gente apela aos governadores, já que não tenho autoridade para tal, o Supremo Tribunal Federal me tirou essa possibilidade nessa área, espero que governadores e prefeitos, obviamente com as suas devidas responsabilidades, abram em definitivo o comércio”, disse o presidente.

O presidente citou a Organização Mundial da Saúde (OMS), de quem disse “não ter a menor credibilidade”, para dizer que o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom, agora “diz que não podemos dissociar vida da economia. E também que devemos aprender a conviver com o vírus mesmo após a vacina que está por vir”.

Bolsonaro citou o pagamento do Auxílio Emergencial, que foi estendido esta semana pelo governo e será pago até dezembro, mas com valor menor, de R$ 300: “Eu sei que para quem recebe é pouco, mas para quem paga, o Brasil, é muito. Não podíamos continuar nos endividando a quase 50 bilhões (de reais) por mês”.

Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:



Basta clicar e se inscrever no canal, é simplis!

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Seja o primeiro a saber, click e participe do grupo, receba a próxima notícia no seu celular;




Anúncio Anúncio --------------------------------------



Anúncio Anúncio