Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Vídeo -Gilmar Mendes e Luiz Fux trocam farpas "Não faz sentido chegar do almoço e receber a notícia de.."




Ao transferir os julgamentos de inquéritos e ações penais para o plenário da Corte, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, trocou farpas com o ministro Gilmar Mendes, que alegou não ter sido avisado acerca da mudança regimental. “É preciso dialogar. [Caso contrário], vamos fazer um ato institucional. Não é assim que se procede. Não faz sentido chegar do almoço e receber a notícia de que tem uma reforma regimental que será votada”, queixou-se Mendes, durante sessão administrativa, na quarta-feira 7.


“Vossa Excelência, me perdoe, mas eu sempre fui de prestigiar os presidentes do STF. Quando fui vice-presidente, votei inúmeras propostas regimentais num momento imediato”, respondeu Fux, ao passar a palavra à ministra Cármen Lúcia, que o acompanhou. Com a alteração no regimento, os casos da Lava Jato que tramitam no Supremo serão retirados da Segunda Turma — que vem impondo derrotas à operação — e votados pelos 11 magistrados. Portanto, haverá mais equilíbrio de forças nas decisões tomadas.


Confira;  


O QUE HÁ DE NOVO