Publicidade
Com R$ 5,4 milhões, Joice tem votação menor que vereador mais votado





O eleitorado da deputada Joice Hasselmann (PSL) na cidade de São Paulo caiu de 289 mil votos para 98 mil eleitores entre 2018 e 2020. Na eleição anterior, quando estreou, Joice conseguiu a segunda maior votação para a Câmara dos Deputados nas urnas paulistanas. Em 2020, no entanto, ela recebeu menos votos do que o vereador mais votado: Eduardo Suplicy (PT), que atingiu 167 mil votos.

A única coisa que cresceu entre os dois pleitos foi o custo da parlamentar por eleitor: quase 250 vezes. Para passar de um milhão de eleitores em todo o Estado em 2018, ela gastou cerca de R$ 238 mil: algo na faixa de R$ 0,22 por voto. Em 2020, no entanto, sua campanha gastou R$ 5,4 milhões para não chegar nem a 100 mil votos: mais de R$ 54 para cada vez que um eleitor apertou o 17, número que representa o partido da candidata, o PSL.

O comitê pouco eficiente de Joice convenceu menos de 2% do eleitorado paulistano e colocou a parlamentar na 7ª posição da disputa pela prefeitura.



Anúncio



AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do JORNAL 21 BRASIL doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Naõ confie no Facebook. Compartilhe e alcance mais pessoas;



Anúncio
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio



Anúncio Anúncio
--------------------------------------