Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Bolsonaro poderá ‘requisitar’ vacina do Butantan, Doira recorrerá ao STF

 




O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), voltou a atacar  o colega João Doria, que governa São Paulo, mesmo sem citar seu nome.


Incomodado desde a semana passada após Doria ter anunciado cronograma de vacinação no seu estado, Caiado esteve hoje com Eduardo Pazuello, em Goiânia.


Anunciou em suas redes ter ouvido do ministro da Saúde que toda e qualquer vacina registrada, produzida ou importada no país será distribuída e centralizada pelo governo federal, pela pasta do general.


“Nenhum estado vai fazer politicagem e escolher quem vai viver ou morrer de Covid”, postou o governador goiano.


O Instituto Butantan já está recebendo encomendas de cidades de outros estados, como Belo Horizonte (MG), e anunciou a produção de 1 milhão de vacinas por dia.

O QUE HÁ DE NOVO