Doria bate de frente com a (OMS), "vacina será obrigatória em SP" OMS descarta vacinação obrigatória - JORNAL 21 BRASIL
Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade

DESTAQUE DA SEMANA

GOVERNO IDIANO DÁ RASTEIRA EM DORIA LIBERA 2 MILHÕES DA VACINA QUE TEM 70% DE EFICÁCIA PARA O BRASIL

 "Vacina de Oxford/AstraZeneca tem eficácia de 70% já na 1ª dose, apontam testes no Brasil" Quem tem pressa come cru, né João Dori...

Doria bate de frente com a (OMS), "vacina será obrigatória em SP" OMS descarta vacinação obrigatória

 




A  Organização Mundial da Saúde (OMS) descartou, no momento, a necessidade de os governos tornarem obrigatória a vacinação contra a covid-19, argumentando que é recomendado convencer a população e que a obrigatoriedade poderia causar rejeição.


“Precisamos convencer, dialogar com as pessoas. Quem trabalha na saúde pública prefere evitar esse tipo de medida”, disse Mike Ryan, diretor da OMS para as Emergências Sanitárias, em entrevista coletiva.


Ainda segundo Ryan, quando as vacinas estiverem disponíveis para toda a população, as pessoas entenderão que a “imunização será um ato de responsabilidade.


Michael Ryan diz não ser adepto da vacinação obrigatória | Foto: Reprodução/Zoom



Já aqui no Brasil, o governador de São Paulo, João Doria, disse no dia 16/10/2020, que a vacinação contra a covid-19 será obrigatória em todo o estado se for aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). 


Doria já defendeu a obrigatoriedade por varias vezes e continua a defender. O governador bate de frente com a OMS.