ADVOGADO DE LULA SE DESESPERA E PREVER CONDENAÇÃO E PRISÃO NO "STF-4"

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

ADVOGADO DE LULA SE DESESPERA E PREVER CONDENAÇÃO E PRISÃO NO "STF-4"


política 
Um dos mais atuantes defensores do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, advogado de defesa Cristiano Zanin Martins, se manifestou sobre comentários proferidos por um dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) . De acordo com o advogado Zanin, o ministro da mais alta Corte de Justiça do país, Luiz Fux, estaria atuando, de modo que esteja realizando uma espécie de pré julgamento, em relação à situação do ex-mandatário, que perfila como uma dos principais postulantes ao Palácio do Planalto, em eleição presidencial a ser disputada já no próximo ano.

veja também; 

GLOBO AFASTA WAACK POR ACUSAÇÃO DE RACISMO  "é coisa de preto" diz o jornalista





Entretanto, em se tratando dos comentários e manifestações do magistrado do Supremo, em uma entrevista concedida à imprensa, Fux havia afirmado que haveria uma sombra, uma novem, em relação à provável revisão por parte do Plenário da Corte, no que diz respeito à prisão de um condenado perante à Justiça em segunda instância, de poder concorrer ao próximo pleito eleitoral.
Ainda de acordo com o ministro Luiz Fux, haveria um grande possibilidade de que a Corte reveja essa votação, já que teria sido decidido, de forma bastante apertada, a favor da manutenção da prisão em segunda instância, após condenação.
O ministro deverá presidir o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já a partir de fevereiro de 2018. O mesmo afirmou que não estaria concluindo sobre isso, mas que, inegavelmente, há um questionamento que se coloca à frente dos ministros do Supremo, em se tratando de um candidato denunciado e condenado poder concorrer, o que levaria a um grande descrédito do Poder Judiciário.

PREVER CONDENAÇÃO E PRISÃO NO "STF-4"

Advogado de Lula fica incomodado com palavras de ministro do STF
O advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, demonstrou enorme insatisfação com os comentários do ministro Luiz Fux.
O defensor do ex-presidente afirmou que o magistrado estaria desafiando o ordenamento jurídico internacional, ao comentar que não faria muito sentido que um candidato já denunciado à Justiça, conforme se passou com o petista, em poder se candidatar ao cargo de presidente da República. Ainda de acordo com o advogado Cristiano Zanin, o fato de Lula ter sido denunciado, não barraria a sua candidatura, já que, segundo o seu defensor, isso não está previsto na lei e nem na Constituição Federal. Zanin foi mais longe ao considerar que isso seria considerado uma restrição totalmente infundada e que segundo o artigo 25 do Pacto Internacional de Direitos Civis, nenhuma restrição considerada infundada, poderia ser colocada para impedir o direito de ser eleito em eleições periódicas.
O advogado esqueceu que o ex presidente lula já está condenado.






Continue lendo....