Se o "STF" quiser pode anular a votação da Assembleia Legislativa do RJ que libertou e devolveu o mandato aos três deputados presos

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

Se o "STF" quiser  pode anular a votação da Assembleia Legislativa do RJ que libertou e devolveu o mandato aos três deputados presos


política

O STF (Supremo Tribunal Federal) pode anular a votação da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro que libertou e devolveu o mandato aos três deputados presos pela Operação Cadeia Velha.


A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) vai pedir que a Seção Criminal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) volte a se reunir para rever a decisão do Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que derrubou a prisão do presidente da Casa, Jorge Picciani, e dos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB.
A corte deve ser acionada para discutir o caso nos próximos dias. Nesta sexta (17), dois ministros indicaram à Folha de são paulo que a decisão pode ser declarada inconstitucional.

leia; 

MPF Reage e pedirá que TRF2 se reúna sobre afastamento de deputados

Se isso ocorrer, a sessão será anulada e os deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB fluminense, terão que voltar para a cadeia.


Continue lendo....