URGENTE! MATÉRIA EM DESTAQUE

Antes de ouvir o Ronco nas ruas de todo Brasil dia 26, Uma das três principais reivindicações já foi atendida pelo Congresso

Da Redação As manifestações do dia 26 terão significado histórico se provarem que os brasileiros aprenderam a mobilizar-se em torno ...

URGENTE; Moro nega pedido de Lula e diz que defesas não acompanharão perícia em sistemas da Odebrecht

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)




Moro nega pedido de Lula e diz que defesas não acompanharão perícia em sistemas da Odebrecht




O juiz federal Sergio Moro 



O juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na Justiça Federal do Paraná, decidiu nesta segunda-feira (6) que a perícia nos sistemas Drousys e MyWebDay, usados pela Odebrecht para gerenciar o pagamento de propinas, não poderá ser acompanhada pelos assistentes técnicos defesas dos réus de um dos processos em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é réu. A restrição vale também para os assistentes técnicos do MPF (Ministério Público Federal).

A decisão veio em resposta a um pedido feito pela defesa de Lula na quarta-feira (1º), no qual os advogados do ex-presidente questionaram a determinação da Polícia Federal de que os assistentes técnicos das defesas poderiam acessar os sistemas da Odebrecht "somente após a elaboração do laudo pericial".

LEIA MAIS; 

  Carta aberta aos ministros do STF viraliza nas redes sociais veja; 

Soltar quem está preso e condenado "é premiar o  crime" diz Moro a desembargador (TRF-4)


Para os defensores do petista, Moro deveria deixar claro à PF que os assistentes indicados pela defesa poderiam acompanhar "todo o trabalho pericial realizado pelo Setor Técnico-Científico do Departamento de Polícia Federal".



Na decisão de hoje, Moro diz que as defesas, apesar de não acompanharem a perícia, terão acesso a todo o material dos sistemas Drousys e MyWebDay após os exames feitos pela PF.  "Não vislumbro qualquer problema no procedimento e, em princípio, não cabe o Juízo fixar procedimentos técnicos para a perícia. E o procedimento selecionado não viola a ampla defesa", afirma o juiz.

Moro concordou com a exceção aberta pela PF para o acompanhamento da perícia pelos técnicos indicados pela Odebrecht, "já que o auxílio deles aos peritos poderá se mostrar necessário".  No ofício em que informa o procedimento deperícia à Justiça, a PF disse que não se opunha à presença dos técnicos indicados pela construtora durante os exames, já que a empresa "é a detentora do sistema e prestará auxílio constante à equipe de peritos".




Seguir no twitter;

-Deixe sua opinião, você é importante! -A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Continue lendo....