SÃO TOMÉ; o prefeito reclama e os delatores exige

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

SÃO TOMÉ; o prefeito reclama e os delatores exige 


POLÍTICA

Desde que assumiu a gestão do município de São tomé  no dia 1 de janeiro do ano vigente, o Prefeito Anteomar Pereira tem tentado tomar providências para manter os salários dos servidores  em dia, pois percebe-se que é prioridade, "salario".


Embora esteja provocando decepções entre aliados que ajudaram o mesmo conquistar o exito, (torna-se prefeito da cidade) o município não tem conseguido honrar com pagamentos dos serviços mais relevantes para a população, como é o caso do educadores do nosso município.


 TUDO É NATURAL
Uma parte dos educadores que fazem parte do SINTE usam uma rádio comunitária (que é proibido falar de politica) em um programa para denunciar a falta de pagamentos dos educadores em atrasos, e nisso eles estão certo. O prefeito e equipe por sua vês também tem usado a rádio comunitária para reclamar a mau administração e expor o inexplicável, "pagamentos em dia"


De acordo com as palavras do mandatário, a situação da atual gestão é tão grave que nem o controle dos orçamentos pendentes, (piso) a administração conseguiu normalizar. No entanto tudo isso é tentar enganar o povo, pois o mesmo sabia que um numero alto de contratos infringia o orçamento comprometendo os servidores do município. Agora para resolver deve promover uma quantidade de demissões nos contratos, pois o mesmo falou em enxugar a folha. Para quem passou exatos quatro (4) anos reclamando da ex gestão, não deveria reclamar. 

A grande questão é que, o eleitor são-tomeense  confiou a Anteomar o babá o poder de gerir a cidade e de consertar aquilo que anteriormente não havia sido feito pelo ex gestor, embora tenha tentado. Agora o atual gestor tem exatos 11 meses de governo, e a expectativa do povo é que a ordem na cidade seja estabelecida e não mais atribuída a quem não poderá contribuir com o futuro da população. O povo estar decepcionado.



Continue lendo....