EXCLUSIVO; Contagem regressiva para prisão de lula





EXCLUSIVO; Contagem regressiva para prisão de lula

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 1/31/2018


Contagem regressiva para prisão de lula


POLÍTICA 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu duas más notícias das mais altas cortes do país na terça-feira.  O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou um pedido de habeas corpus feito pela defesa do petista. O ex-presidente foi condenado por unanimidade pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. 





Lula ainda pode conseguir um habeas corpus no STJ para evitar a prisão?
Sim. A liminar foi negada pelo ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), porque, durante o recesso do Judiciário, ele é o responsável pelas decisões urgentes.

A partir de quinta-feira, quando as atividades do STJ forem retomadas, o caso seguirá para o gabinete do ministro Félix Fischer, relator da Lava-Jato no STJ, que poderá rever a decisão. O mais provável, no entanto, é que ele mantenha a decisão do colega, porque é conhecido pela rigidez. Fischer também poderá levar o caso para julgamento na Quinta Turma do tribunal.





Quando Lula pode ser preso?
Quanto tempo? dificil precisar, mas acredito que até final de março já tenham julgado.
O presidente da 8ª Turma do TRF-4, desembargador Leandro Paulsen, deixou claro que o cumprimento da pena só acontece após o julgamento de todos os recursos no TRF-4. Paulsen lembrou do entendimento do Supremo Tribunal Federal de que a pena pode ser executada depois da condenação do réu por um tribunal de segunda instância. Pela interpretação do STF, a prisão depois da condenação em segunda instância não é obrigatória. Deve ser decidida de acordo com o caso específico.







Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;


"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"



Barroso desmonta falácia que culpa prisão em segunda instância por superpopulação carcerária (veja o vídeo)

Em seu voto a favor da manutenção do entendimento que permite a prisão após condenação em segunda instância, o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, fez questão de desmontar uma das falácias mais patéticas utilizadas pelo ex-advogado de Dilma Rousseff, José Eduardo Cardoso em desfavor de tal entendimento.
Para o petista, a prisão em segunda instância seria uma das responsáveis pela superpopulação carcerária. A afirmação é mentirosa, e Barroso a esmigalhou com números concretos do sistema penitenciário em seu voto.

Confira:



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

A esquerda já tentou nos calar, seja nossa vós, curta nossa página e receba diáriamente notícias do governo Bolsonaro. -Somos de #DIREITA

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Augusto Aras praticamente pede para STF derrubar prisão em segunda instância

Augusto Aras parou com seus rodeios e foi mais claro: ele não concorda com a obrigatoriedade da prisão de condenados em segunda instânci...


As mais lidas do dia..