Por 6 votos a 5, STF deverá mandar Lula para prisão


Ao remeter o caso ao plenário do Supremo, Fachin remete, também, a discussão de fundo — a execução provisória da pena após condenação na segunda instância. Nessa etapa, Fachin tem uma aliada fundamental: a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia. Ela não só concorda com a manutenção do atual entendimento do tribunal, pelo qual condenados em segunda instância podem ser presos.



O julgamento do habeas corpus construído pela defesa do ex-presidente Lula, contra a prisão imediata, terá efeito “coletivo“, , valerá para todos. 

De que vale a justiça?



O palpite é de que a votarão pela concessão do habeas corpus para Lula são os seguintes ministros: Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Dias Toffoli.

Pela prisão imediata do ex-presidente tendem a se manifestar Cármen Lúcia, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux,  Alexandre de Moraes e Rosa Weber.




A prisão do ex-presidente terá indícios de uma justiça sólida, embora o povo brasileiro não tenha depositado confiança no STF. Em pesquisa divulgada pela grande mídia, mas da metade da população que ver lula na cadeia. O ex presidente foi condenado pelo STF a 12 anos e um mês de prisão em regime fechado pelos crimes que cometeu; "corrupção passiva e lavagem de dinheiro" no caso triplex do Guarujá.



A derrota de Lula no STF dará segurança jurídica ao país, fazendo prevalecer a constituição, o inocente seja livre e o culpado seja condenado, "lula deverá ser preso".



Post a Comment

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem