Militares se preparam para "invadir" o poder

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

Militares se preparam para "invadir" o poder pela porta da frente






É que a boa repercussão da campanha de Jair Bolsonaro está motivando muitos militares a disputarem as eleições este ano



O ano de 2018 pode ser o da "invasão" das Forças Armadas no poder. "Invasão" essa, no bom sentido, aconteceria pela porta da frente.  
É que a boa repercussão da campanha de Jair Bolsonaro está motivando muitos militares a disputarem as eleições este ano. 

Pelo menos 71 do Exército, da Marinha e da Aeronáutica lançaram pré-candidaturas a vagas no Congresso e no Executivo em 25 Estados e no Distrito Federal. 
A legenda de Bolsonaro, o PSL, é a que abriga a maior parte dos pré-candidatos ligados às Forças Armadas – 60 deles são filiados a legenda.

Além do PSL, outros militares vão lançar candidaturas por 13 partidos – PSDB, PSC, PR, PEN, PRP, PRTB, Novo, Patriotas, DEM, PHS, PROS, PTB e PSD. Várias patentes têm representantes – desde generais até coronéis, sargentos e capitães. 

Com Estadão



Continue lendo....