Militares se preparam para "invadir" o poder




Militares se preparam para "invadir" o poder pela porta da frente






É que a boa repercussão da campanha de Jair Bolsonaro está motivando muitos militares a disputarem as eleições este ano



O ano de 2018 pode ser o da "invasão" das Forças Armadas no poder. "Invasão" essa, no bom sentido, aconteceria pela porta da frente.  
É que a boa repercussão da campanha de Jair Bolsonaro está motivando muitos militares a disputarem as eleições este ano. 

Pelo menos 71 do Exército, da Marinha e da Aeronáutica lançaram pré-candidaturas a vagas no Congresso e no Executivo em 25 Estados e no Distrito Federal. 
A legenda de Bolsonaro, o PSL, é a que abriga a maior parte dos pré-candidatos ligados às Forças Armadas – 60 deles são filiados a legenda.

Além do PSL, outros militares vão lançar candidaturas por 13 partidos – PSDB, PSC, PR, PEN, PRP, PRTB, Novo, Patriotas, DEM, PHS, PROS, PTB e PSD. Várias patentes têm representantes – desde generais até coronéis, sargentos e capitães. 

Com Estadão




Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;





>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..

"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Celso de Mello “sinaliza” que vai anular processo de Lula condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro

Nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação ...


As mais lidas do dia..