destaque!

Alexandre Frota resolve detonar membros do PSDB, "chama Geraldo alckmin, Aécio Neves e serra de bandidos" (vídeo)

Ninguém melhor do que Alexandre Frota, o mais novo filiado do partido, para explicitar detalhadamente todas as maracutaias e falcatru...





PSDB perde uma avalanche de votos para Bolsonaro, enquanto cabo Daciolo (Patriota) quer roubar votos do capitão

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira



PSDB perde uma avalanche de votos para Bolsonaro, enquanto cabo Daciolo (Patriota) quer roubar votos do capitão






O (PSDB) traça ofensiva para reaver eleitorado que migrou para Bolsonaro, antes das convenções e principalmente depois do primeiro debate na rede Bandeirantes de televisão, regista o painel da Folha. 
Aliados de Geraldo Alckmin, o candidato do PSDB à Presidência, começaram a traçar estratégias para, mesmo antes do início da propaganda eleitoral, tentar retomar eleitorado que já foi dele e hoje simpatiza com Jair Bolsonaro (PSL). A ofensiva deve começar no terreno menos acidentado: o interior de São Paulo, reduto de Alckmin há anos. Reconquistar a região, de perfil conservador e muito ligada ao agronegócio, é visto como o primeiro passo para fortalecer o tucano nas pesquisas.



A enviada A equipe de Alckmin também está disposta a explorar ao máximo a interface da vice do tucano, Ana Amélia (PP-RS), com os ruralistas. Ela vai representar a chapa em eventos aos quais ele não possa comparecer, especialmente no Centro-Oeste e no Sul.



Coração mole Amélia começou a fazer gravações para os programas do tucano na sexta (10). Na entrevista que seria usada no horário eleitoral do rádio, chorou ao falar da infância difícil e da responsabilidade que sente em “representar as mulheres”. A coordenação da campanha ainda não sabe se vai levar o trecho ao ar.

Já a atuação do cabo Daciolo (Patriota) no primeiro debate dos presidenciáveis fez do deputado um protagonista de memes, mas também rendeu a ele a linha de escada de Jair Bolsonaro (PSL). Adilson Barroso, o presidente do partido que alçou Daciolo ao estrelato, explica que a meta é exatamente a oposta, ou seja é roubar votos de "Bolsonaro". O capitão segue líder nas pesquisas, Bolsonaro tem chances reais de ser eleito já no primeiro turno, como também o seu eleitor é fiel, não muda o voto por nada. 







Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora




    1964 Pode voltar! -Inscreva-se no canal Pátria amada Brasil










    Bombando na WEB