Advogado de Adélio, se enrola e cita nome de lula como suposto mandante do crime a Bolsonaro

Por; Rosinaldo Pereira /colunista


Zanone Manuel de Oliveira Júnior, o criminalista contratado para defender Adélio Bispo de Oliveira, o homem que tentou matar Jair Bolsonaro, foi questionado pelo Estadão sobre a possibilidade de a Polícia Federal descobrir alguma irregularidade no patrocínio da defesa. Ele respondeu:


“O que eles querem saber é se foi o Lula que pagou a defesa, se foi o PSOL, o Jean Wyllys.”

Segundo o portal de notícia UOL,  O criminalista classificou como "normal" a busca e apreensão feita no seu escritório, em Belo Horizonte, mas considerou a apreensão de seu telefone celular um precedente perigoso.

Opá! uma dica. Onde há fumaça tem fogo. 



Toda informação dada pelo advogado deve ser observada.

Continue lendo....