lula afasta Cristiano Zanin de sua defesa e recorre ao antigo presidente do STF, para tentar prisão domiciliar

Por; Rosinaldo Pereira /colunista




A ideia é que ele volte a ter atuação ativa na defesa do ex-presidente nos tribunais superiores de Brasília


A manobra para garantir a prisão domiciliar de Lula ganhou mais uma notinha na Folha de S. Paulo:



“Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, está conversando com o advogado Sepúlveda Pertence. A ideia é que ele volte a ter atuação ativa na defesa do ex-presidente nos tribunais superiores de Brasília.”



Derrotado nas urnas, o criminoso condenado pela Lava Jato afasta Cristiano Zanin de sua defesa e recorre ao antigo presidente do STF para tentar ganhar de presente, provavelmente no ano que vem, uma tornozeleira eletrônica.



Prisão domiciliar para Lula sem delação premiada? Nem a pau, Juvenal!

Continue lendo....