destaque!

Câmara esvazia pacote anticrime de Moro

O grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime rejeitou hoje várias medidas importantes propostas por Sergio Moro p...





No contra pé, Fachin salva a lava jato da ORCRIM e enquadra Gilmar, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia





Por; Rosinaldo Pereira

Uma página de Direita





Edson Fachin tomou duas medidas que podem ajudar a conter os danos causados pela Segunda Turma do STF.

Em primeiro lugar, ele permitiu a reabertura do processo do Instituto Lula, impedindo que a norma inventada por seus colegas seja usada para anular a terceira condenação do chefe da ORCRIM.






Em segundo lugar, ele transferiu a decisão final sobre o assunto para o plenário do STF, onde o estrago provocado por Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia pode ser mitigado.

Fazendo isso, Fachin obriga que todos os ministros da Corte votem sobre qual momento um réu delatado deve falar nas alegações finais...





Quem analisou o voto da Carmem Lúcia deve ter prestado atenção que ela claramente falou que o entendimento dela se refere apenas ao caso Bendine e não a todos os casos de delação premiada. Ou seja, Carmem Lúcia pode votar diferente no plenário. 


A paciência também é uma virtude.

Eu vou resumir, o lula continuará preso.

Veja o estrago causado por Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia



Seguir no twitter;



Deixe sua opinião

Uma página de direita













Bombando na WEB