Bolsonaro pede bloqueio do fundo partidário do PSL e afastamento de Bivar


Publicidade



Jair Bolsonaro acionou hoje a PGR e pediu o bloqueio do fundo partidário do PSL e o afastamento do presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, diz a Folha.

Bolsonaro também solicitou que seja aberta uma investigação para apurar indícios de ilegalidades supostamente cometidas pela direção do partido no uso do dinheiro repassado pelo TSE.


“É uma ação bastante robusta. Pedimos, inclusive, que ela seja remetida à Receita Federal para uma checagem dos documentos fiscais e de todos os gastos e despesas do partido”, disse ao jornal Admar Gonzaga, advogado de Bolsonaro e ex-ministro do TSE.

A representação é assinada por 23 parlamentares aliados de Bolsonaro, entre os quais os filhos Eduardo e Flávio.

Publicidade

Anúncio