.





Em áudio obtido pelo O Antagonista, enviado pelo deputado federal Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), ao grupo de WhatsApp do partido, mostra uma discussão entre parlamentares, onde, o próprio diz que Rodrigo Maia, presidente da Câmara, seria o primeiro a ir preso se a PEC da 2ª instância passar.

Gaguim, contrário à prisão em segunda instância estava discutindo com o deputado Arthur Maia (DEM-BA), favorável à prisão quando houver decisão de colegiado.

No áudio, Gaguim diz que o colega está “equivocado” e afirma que “essa PEC [para garantir a prisão na segunda instância] “não passa nem aqui, nem na China”.


“Nós vamos pegar uma coisa que não é nossa para que, meu irmão?”, questiona o parlamentar. A PEC que está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara foi apresentada pelo deputado Alex Manente, do Cidadania.

Em seguida, Gaguim escancara o argumento predominante nos corredores da Câmara daqueles que são contrários à prisão na segunda instância:

“Eles estão falando que o primeiro que vai ir [preso] em segunda instância é o nosso presidente Rodrigo. E aí? E os nossos líderes? E nós? Gente que não deve nada sendo aí acusado sem prova, sem nada.”


Guagim conclui o áudio sugerindo que gestores públicos devem ser contrários à prisão na segunda instância:

“Você nunca foi gestor. É por isso que você está falando isso [defendendo a prisão na segunda instância], pô”.


OUÇA; 

Deixe sua opinião

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem