Uma página a serviço do Brasil:

Soltar Lula provocaria ‘situação de risco’, diz Moro ao CNJ "o Brasil agradece"

Soltar Lula provocaria ‘situação de risco’, diz Moro ao CNJ



O Globo teve acesso à defesa que Sergio Moro encaminhou ao CNJ sobre sua determinação para que a PF não cumprisse a ordem de soltura de Lula emitida pelo plantonista Rogério Favreto em 8 de julho.
O juiz federal argumentou que a libertação do corrupto e lavador de dinheiro provocaria uma “situação de risco” –e que esse não foi o primeiro nem o único ato processual tomado durante suas férias.
A jurisprudência dos tribunais superiores, acrescenta Moro, permite que os juízes profiram decisões de férias em casos urgentes.
A defesa encaminhada pelo juiz ao CNJ tem oito páginas e é assinada pelo próprio Moro, sem a assistência de advogados.

 Em minha humilde opinião é o fim da picada, um magistrado como o Sergio Moro ter que dar explicações para uma entidade que falta seriedade.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :