Uma página a serviço do Brasil:

PF descobre que advogado recebeu um pagamento de honorários de 25 mil reais “Caso Adélio”



Livro-caixa de escritório registra pagamento de R$ 25 mil por “Caso Adélio”

O delegado Rodrigo Morais Fernandes, responsável pelas investigações sobre o atentado a Jair Bolsonaro, disse a Crusoé que a PF segue tentando descobrir se há “uma organização criminosa ou um grupo político” por trás do crime.



O caminho é saber quem financiou a defesa de Adélio.


Nas buscas feitas na manhã desta sexta-feira, a PF apreendeu uma folha do livro-caixa do escritório do advogado Zanone Júnior que registra um pagamento de honorários de 25 mil reais relacionado, conforme consta da anotação, ao “Caso Adélio”.



Não há, porém, qualquer indicação de quem fez o pagamento.

-É preciso a quebra de sigilo bancário dos advogados do criminoso.

E mais; O mandante do atentado a Bolsonaro









Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :