Uma página a serviço do Brasil:

Eduardo, filho, acusa Congresso de agir contra Bolsonaro



O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sinalizou em seu Twitter que os aliados do presidente Jair Bolsonaro não devem poupar o Congresso caso o decreto sobre armas de fogo seja revogado pelos parlamentares.



Em postagem no Twitter, o parlamentar escreveu que “não cabe a nenhum iluminado do Estado” atrapalhar o desejo do povo de possuir armas de fogo.

“Quando finalmente elegemos uma pessoa identificada com esses anseios querem nos desrespeitar de novo”, disse o deputado federal.



Segundo Eduardo Bolsonaro, o fato de boa parte dos deputados não ter gostado do decreto que ampliou o porte para diversas categorias, pode ser visto como uma manobra contra a proposta.


Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :